Como manter minha loja atualizada sem precisar manter um grande estoque

por Ziann 27/10/2017

Você com certeza já teve que se deparar com aquele estoque monstruoso no final de um período vendas fraco e pensado, o que eu vou fazer com todas essas peças… Afinal de contas, como todos nós sabemos, estoque parado é igual a dinheiro parado, e você não quer que seu dinheiro fique ali parado por muito tempo não é? Todo lojista já passou por isso ou algo parecido, e isso não é algo tão ruim como muitos imaginam podemos até dizer que estoque parado é uma oportunidade, explicamos o porquê ao longo do texto.

A importância de controlar o estoque

Gerenciar de maneira eficiente o estoque da sua loja é a melhor e mais eficaz maneira para que você possa ter uma boa e saudável lucratividade. Esse controle pode ser feito de diversas maneiras, desde com um simples caderno e um lápis, até o software super completo de controle com milhares de funções. A escolha é sua, o mais importante não é a ferramenta que vai utilizar, mas sim, iniciar o processo em si, o feito é melhor que o perfeito.

Tendo um controle de estoque feito de maneira de correta você consegue ter um equilíbrio entre oferta e demanda, você terá o estoque certo na hora certa. Assim, você tem a certeza de que seu dinheiro não fora investido em vão, gerenciando de maneira correta você terá inúmeros benefícios que citaremos a seguir.

Vantagens de um bom controle de estoque

Quem já tem um controle de estoque minucioso vai entender bem essa parte do texto, confira a seguir as principais vantagens de um bom controle de estoque para a sua loja:

Evita custos desnecessários: Tendo e controlando um estoque de maneira correta, você evita o principal maleficio da falta de controle, dinheiro parado e se desvalorizando= desperdícios.

estoque de calça jeansOrganização interna: Pense naquela vez que você precisou de um documento importante urgentemente e não fazia ideia de onde estava? Sentiu-se frustrado certo? Agora imagine perder uma venda pela simples falta de organização, a peça se perdeu em meio a tantas outras ou acabou extraviada, dolorido não?

Poder de previsão: Tendo todo o seu estoque na ponta lápis, e medindo o que entra e o que sai minuciosamente, não é fácil ter uma noção do próximo mês? O que mais vende o que menos vende?

Peças sempre renovadas: Talvez uma das vantagens que mais agrade e orgulhe os lojistas que cuidam com carinho do seu estoque, coleção sempre renovada a cada estação é sinônimo de novidades fresquinhas para agradar e conquistar a clientela.

O diferencial começa em um bom fornecedor

Você pode me questionar o que um fornecedor tem haver com meu controle de estoque? Eu te respondo: tudo! É comum que muitos proprietários/gestores fiquem meio desorientados com tantos fornecedores na batalha pelo melhor preço.  Mas nem sempre essa batalha vale a pena vencer, sabe porque? Do que adianta uma coleção inteira que não vende? Produtos com qualidade inferior do que você está habituado a vender, e seus clientes se sentiram como?

Por isso é importante a escolha de um BOM fornecedor, mas não um que só tenha o preço para te oferecer, escolha o que vai entregar junto com suas peças, sua essência e comprometimento em proporcionar ao seu cliente a melhor experiência possível ao vestir uma de suas peças, lembre-se valor impacta muito mais o consumidor do que apenas o preço.

Outros fatores também devem ser levados em conta, leve sempre em consideração os fornecedores que oferecem produtos de valor agregado com ótima qualidade, que seja responsável e pontual, afinal você não quer ter que depender sempre de terceiros para poder vender não é?

Na prática, como fazer um controle?

Comece organizando seu deposito ou qual seja o local que você usa para estocar os seus produtos, contabilize tudo o que você tem em estoque. Você pode criar um código ou categoria para cada tipo de produto, lembre-se crie algo simples para não tornar o processo complexo. Crie algo simples e fácil de controlar, documente por caraterísticas, quantidades, preço, volume armazenado em um caderno, planilha de excel ou um sistema, não importa onde, o importante é começar.

Após colocar na ponta do lápis quanto de cada produto você tem, é hora de arrumar os produtos. A organização e separação dos produtos podem ocorrer de diversas formas, sempre tenha em mente que essa ação deve facilitar a localização, acesso e controle dos produtos. Essa parte vai depender de cada lojista como ele prefere organizar, por tipos de produtos, fornecedores, preços, tamanhos, etc. Por exemplo, se você possui calças jeans cinzas, pretas e brancas, poderia atribuir a elas os códigos, 00010, 00020, e 00030.

Você precisa também definir a sua quantidade máxima e mínima de estoque conhecida também como ponto de pedido. É extremamente importante que você defina muito bem a quantidade máxima e mínima de estoque para cada tipo de produto. Para que o estoque esteja sempre condizente com a demanda do mercado. Talvez esse seja o ponto crucial para um bom controle, tendo em vista esse indicador você vai evitar acumular estoques desnecessários.

Outro ponto chave, é que você encontre um equilíbrio, aperfeiçoe os processos, o estoque mínimo e máximo depende da procura, dos fornecedores, sazonalidades, entre outros. Para ser assertivo no calculo de cada um considere o giro de estoque, valor pago e economia de escala em caso de pedidos de quantidades maiores, prazos de entrega, recebimento e distribuição para o cliente final. Encontre o equilíbrio para não perder vendas e nem ter produtos acumulando poeira em seu estoque.

Você pode entender melhor sobre quantidade máxima e mínima de estoque clicando aqui.

Mantenha-se firme no seu controle, no começo pode ser maçante e cansativo, mas não deixe de fazer. Já que você chegou até aqui temos uma dica bônus para você tirar a poeira daquele estoque da sua loja.

As queimas de estoque na maioria das vezes podem até não trazer tanto lucro quanto o lojista gostaria no curto prazo, mas no médio e longo prazo pode ser uma das melhores armas para conquistar novos clientes. Como? Vamos lá, se um cliente visita a sua loja durante a queima de estoque, e você como lojista proporciona a ele uma experiência de compra incrível e amigável a probabilidade de ele lembrar de você na próxima vez que for comprar é altíssima correto? Não serviu o exemplo? Faça com você mesmo, qual é seu restaurante favorito? Ou barzinho/pub que você adora o ambiente, as pessoas, o atendimento e você não troca por nada? Por que não fazer o seu cliente não te trocar por nada? Por que não proporcionar a melhor experiência quando ele estiver gastando alguns reais com você? Fica a reflexão.

Além de poder conquistar novos clientes uma queima de estoque libera o seu espaço no estoque para produtos que possam trazer mais retorno para sua loja, pois o lucro é importante e deve ser levado em conta. E o melhor de tudo, te proporciona aprendizado sobre o seu negócio, sobre o seu mercado, consumidor, fornecedor, etc. Esperamos que tenha gostado do texto, nos vemos em um próximo post, comente o que achou do texto.